RSS

"Eles não sabem nem sonham que o sonho comanda a vida e que sempre que o homem sonha o mundo pula e avança"

Desafio

Ontem, a Luisa Alexandra e o Apokalypsus lançaram-me um desafio.

Neste desafio existem diferentes passos a executar, mais precisamente:

- Escrever uma lista com 8 coisas que sonhamos fazer;

- Convidar 8 parceiros(as) de blogs amigos para responder;

- Comentar no blog de quem nos convidou;

- Comentar no blog dos nossos(as) convidados(as), para que saibam da “convocatória”;


- Mencionar as regras.


A primeira parte tem tudo a ver com este blog :P


Então aqui vai:

  1. Sonho ter filhos e vê-los crescer a serem tudo o que podem ser;

  2. Sonho viajar a todos os lugares que quero visitar;

  3. Sonho estar sempre ao lado de quem amo e de quem me ama;

  4. Sonho atingir todos os meus objectivos;

  5. Sonho contribuir para melhorar este mundo;

  6. Sonho em tornar-me numa pessoa melhor;

  7. Sonho ter sempre amigos verdadeiros;

  8. Sonho chegar ao fim da minha vida e não estar arrependida de nada.

Vou lançar a este desafio a:


Missanga azul -A aventura das missangas;


Sweet - A essência do tempo;


The Star - The Star is Me;


Sara - Lost in Lisbon;

Cristina - Ovo Estrelado;

Isa - Paladares da Isa;

Filipa - Receitas da Filipa;

Catarina - Pequenos sonhos.



Print this post

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Desafio Literário

As minhas amigas Luisa Alexandra e Luar lançaram-me um desafio literário. Este desafio consiste em:


- Exibir 3 livros que gostamos;

- Lançar o desafio a 5 amigas(os) da blogosfera.

Um dos meus maiores vícios que tenho é ler. Já perdi a conta aos livros que li e já tenho uma boa biblioteca. No entanto, como as minhas amigas fizeram anteriormente vou referir os livros de culinária, mas como este blog não é exclusivamente culinário, aproveito para referir três livros que me marcaram em diferentes alturas da vida.

Para além dos diferentes blogs que visito e que são uma inspiração, e dos fóruns, e dos sites de receitas, ainda consulto as minhas revistas e os meus livros de culinária.

Em 1995 comecei a comprar, ocasionalmente, revistas da Vaqueiro, a Saberes e Sabores, que considero ser uma das melhores revistas de culinária. Também gosto da Teleculinária, mas esta é que mais me chama à atenção.

Depois, tenho o Culinarium também da Vaqueiro. Já experimentei diversas receitas deste livro, e todas me sairam bem. Na altura ainda não fazia reportagens culinárias! :P

E por fim, desde que tenho a Bimby, o livro base que também ensina a trabalhar com a máquina e adaptar as nossas receitas.No que respeita a livros... Deixo-vos três que me marcaram em alguma fase da minha vida.
Na minha infância, a minha mãe comprava-me os livros da Condessa de Ségur para que eu ganhasse o gosto pela leitura. E resultou. Tenho a série quase toda e gostei de todos os livros que li. Mas houve um que foi lido e relido, por mim e pela minha mãe.... Era um livro que nos fazia rir, chorar... enfim, transmitiu-me muitas emoções.

Esse livro chama-se "As memórias de um burro". Aconselho estas histórias para quem tem filhos pequenos, são histórias muito engraçadas e que nos transmitem bons conceitos.

A imagem que tirei é de uma edição brasileira, pois a minha está nos confins da arrecadação lá de casa :P

Outro livro que me marcou, foi o Salto Mortal da Marion Zimmer Bradley. Comprei esse livro estava na faculdade, e tem mais de 700 páginas. Lembro-me quando o comprei e onde o comprei. Era um sábado à tarde e mal cheguei a casa, enfiei-me em cima da cama para o ler. Eram 18h. Nessa noite deitei-me às 2h e no dia seguinte mal me levantei, agarrei logo no livro.

Já o li 4 vezes, e tenho vontade de o reler, embora já conheça a história de trás para a frente... Aconselho este livro... É algo bem diferente do que a Marion Zimmer Bradley escreveu.

Estes dois ficaram-me marcaram-me mto, mas existem tantos outros que gostei que vou só mencionar algumas personagens e alguns autores, a saga de Taita, uma das minhas personagens favoritas dos livros do Wilbur Smith, do Harry Potter, Stephen King... um mestre dos thrillers psicológicos, Anne Rice com a sua escrita... Enfim...

Podia falar e falar de livros... Como disse, já perdi a conta número de livros que li...

Agora os 5 amigos....

Vou escolher

Luis Alves do Armário das Calças ;

ACE do Conversas ;

Manuela do Delicias e Companhia;

Mamã Catarina dos Pequenos Sonhos;

Anna da Cozinha com Anna.

Deixo o desafio também a quem me visita!

Print this post

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Waffles belgas

Bem...

Não consegui resistir... Tantos blogs a experimentarem receitas de waffles a abrirem-me o apetite, à dois fins de semana fiz waffles para mim e para os meus pais. Eu comprei a máquina de waffles no lidl, mas já está na casa nova, pelo que tive de fazer na frigideira.

Sem a bimby, não pude fazer a receita da luar, então fui à procura de uma receita de waffles e encontrei-a neste site. Um site só com receitas para waffles...

Eu escolhi a receita de waffles belgas, embora tenha que experimentar as outras. :P

Esta receita é muito boa e a massa é muito fofa.

Aconselho a experimentar.

Ingredientes:

  • 4 gemas
  • 4 claras
  • 1 pacote de fermento de padeiro
  • 2 chávenas e meia de farinha
  • 2 chávenas de leite
  • 1/2 chávena de manteiga derretida (eu utilizei becel)
  • 1 colher de sopa de açúcar
  • 1 colher de chá de extracto de baunilha
  • 1/2 colher de chá de sal

Para o molho de chocolate:

  • 1 embalagem de chocolate negro
  • 1 colher de sopa de manteiga (utilizei becel)
  • leite q.b (utilizei magro)

Preparação:

Aquecer o leite de forma a este ficar morno.

Photobucket

Polvilhar o fermento de padeiro por cima do leite morno, mexendo sempre para dissolver.

Photobucket

Bater as gemas e adicionar à mistura anterior, tendo já adicionado a essência de baunilha.

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Peneirar a farinha juntamente com o açúcar e o sal e adicionar à mistura anterior.

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Adicionar a manteiga derretida e misturar bem. Para derreter a manteiga, eu faço-o sempre em banho-maria para que a manteiga não queime.

Photobucket

Bater as claras em castelo e depois adicionar à mistura anterior. (Eu desta vez, decidi bater as claras à mão! :P)

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Deixar descansar durante 45 minutos ou até dobrar de volume.

Photobucket

Entretanto, preparar o molho de chocolate:

Colocar o chocolate e a manteiga numa tigela e derreter em banho-maria. Ir mexendo de vez em quando.

Photobucket

Para ter um molho mais cremoso, ir adicionando leite ao preparado anterior até atingir a consistência desejada.

Photobucket

Quem não tem máquina pode fazer na frigideira - atenção que os waffles ficam enormes mesmo utilizando a frigideira mais pequena como foi o meu caso.

Untar a frigideira com um pouco de azeite, só para garantir que a massa não cole.

Colocar uma porção de massa e virar quando a massa estiver quase sólida como mostra a imagem:

Photobucket

Photobucket

A massa deu para estes waffles todos:

Photobucket

E no prato com o molho de chocolate:

Photobucket




Print this post

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Jantar de amigos - Bolinhos para o café

Bem...

Finalmente tenho tempo para acabar a série de posts sobre o jantar que fiz!

A pensar num café ou chá após o jantar, decidi fazer dos bolinhos que mais gosto e que já postei aqui, as areias. Mais uma vez a receita foi tirada do site da Vaqueiro.

Desta vez, fiz à mão e aproveito para deixar-vos aqui a receita e a reportagem:

Ingredientes:

  • 150 g de açúcar
  • 320 g de farinha
  • 200 g de margarina (eu utilizei Becel cozinha)
Preparação:

Peneirar o açúcar juntamente com a farinha. Faça uma cova ao meio e deite aí a margarina em pedaços. Trabalhar tudo em areia, com a ponta dos dedos.

Photobucket

Misturar e fazer uma bola.

Photobucket

Retire pedacinhos de massa e molde em bolinhas do tamanho de nozes pequenas. Achate-as levemente com as costas de um garfo.

Photobucket
Levar a cozer em forno médio (180º C) até ficarem lourinhas. Passar as areias, ainda quentes, por açúcar.

Photobucket



Print this post

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Sobremesa - Jantar de amigos

Continuando com a reportagem do jantar, chegamos à sobremesa...

E escolher uma sobremesa é um pouco complicado...

Já sabia o que queria um pudim, faltava só arranjar um pudim não muito calórico...

Muitas das receitas que encontrei tinham natas ou leite condensado ou muitas, muitas gemas...

Por fim, encontrei esta no Site da Vaqueiro, Pudim de Laranja de Nossa Casa.

Ao ler os ingredientes da receita fiquei escandalizada com o exagero de açúcar, quase 500g.
Óbvio que cortei no açúcar, e se tivesse tirado mais não ficava mal.

Tal como na receita anterior, a preparação é igual, apenas as quantidades é que foram alteradas. Deixo-vos a minha versão.

Ingredientes:

  • 9 ovos
  • 275g de açúcar
  • 1 colher de sopa de margarina (utilizei becel cozinha)
  • 1,5 dl de sumo de laranja
  • 1 colher de sobremesa de maizena

Preparação:

Numa tigela bater os ovos com um garfo, tal como se fosse fazer uma omeleta.

Photobucket

Photobucket

Em seguida adicione o açúcar e a colher de margarina (já amolecida) e bata com a vara de arames.

Photobucket

Photobucket

Esprema as laranjas até obter 1,5 dl de sumo e passe-o pelo coador.

Photobucket

Dissolva a maizena no sumo de laranja e adicione pouco a pouco no preparado anterior batendo sempre com uma colher de pau.

Photobucket



Photobucket

Barre uma forma com margarina (mais uma vez, utilizei becel cozinha)

Photobucket

E deite o preparado na forma untada.

Photobucket

Vai ao forno quente (cerca de 230ºC) até que, enfiando um palito no centro do pudim, este saia seco. (No meu forno levou cerca de 25 minutos).

Photobucket

Como podem ver na fotografia anterior, formou-se uma camada de margarina derretida. Creio que isto aconteceu pois a colher de sopa de margarina que coloquei estar muito cheia. Para corrigir esta situação, dobrei uma folha de rolo de papel, e coloquei em redor até absorver o excesso de margarina.

Tendo ficado o pudim assim:

Photobucket

Este pudim deve ser desenformado frio (Eu infelizmente não consegui!)

Esqueci-me de tirar uma foto do pudim no prato, mas o pudim tem este aspecto interior:

Photobucket

Esta receita é muito boa e hei-de repetir. Se a quiserem fazer tenham atenção à quantidade de margarina que está na colher e claro, na quantidade de açúcar.

Como nós lá em casa, não gostamos de doces muito doces a quantidade que coloquei, para nós, ainda é muito doce. Já o P. considerou a quantidade de açúcar no ponto ideal.


Print this post

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Prato principal - Jantar de amigos

Ontem falei das entradas, a receita de hoje cabe ao prato principal...

Para escolher o que ia fazer, fui a uma das minhas fontes favoritas que é o site da Vaqueiro.

Sabia que queria um prato com massa e com peixe. A escolha não levou peixe, mas levou marisco.


Eu fiz umas quantas alterações nos ingredientes da receita, mas o modo de preparar o prato é o mesmo.

Fica aqui a receita com os ingredientes que utilizei.

Ingredientes:
  • 1 embalagem de cocktail de marisco congelado (800g)
  • 1 embalgem de camarão congelado (200g)
  • 2 chalotas (podem substituir por cebolas)
  • Azeite
  • 1 frasco de leite de coco (310g)
  • 1 frasco de molho de tomate com manjericão (300g)
  • Tomilho q.b.
  • Pimenta q.b.
  • Esparguete

Preparação:

Descascar as chalotas, cortar em gomos para dentro de um tacho. Depois deitar azeite (eu fiz a olho) e levar ao lume.

Photobucket

Quando as chalotas estiverem moles, adicionar o marisco e deixar cozinhar durante durante 5 minutos.
Photobucket

Adicionar o molho de tomate e o leite de coco. Perfurmar com um pouco de tomilho e pimenta. Deixar ferver destapado durante 10 minutos.

Photobucket

Entretanto, colocar água a ferver e fazer o esparguete. Eu utilizei o esparguete de cozedura rápida da nacional (passo a publicidade), que demora 2 minutos a cozer:

Photobucket
Escorrer a bem a massa e juntar o preparado anterior.
Aqui está o meu prato:

Photobucket
Atenção
Se utilizarem esta massa e gostarem al dente tenham muita atenção ao tempo, e adicionem o molho de frutos do mar apenas quando for para servir.
Eu adicionei logo que a massa comeu e como primeiro fomos comer as entradas a massa deixou de estar al dente para ficar mole para o nosso gosto.
Fora isso a receita foi muito apreciada.



Print this post

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Jantar de amigos

Este sábado, convidei um casal amigo para jantar, casal que já não via à algum tempo.

Tinha decidido fazer uma lasanha de salmão fumado, mas os meus planos tiveram que ser alterado pois o P. não aprecia salmão fumado. (Coisa que eu ADORO!!!)

Os próximos posts vão mostrar as receitas que fiz para este jantar.

Neste post, vou falar apenas das entradas que fiz...

Como eramos 4 pessoas, não quis exagerar na quantidade de comida e escolhi para entrada o seguinte:


  • Linguiças com cogumelos

  • Camarões cozidos

Linguiças com cogumelos


Cortar 4 linguiças às rodelas e levar ao lume numa frigideira. Quando estiverem no ponto desejado adicionar uma lata de cogumelos laminados. (Os cogumelos devem ir escorridos):

Aqui fica a foto da fase final de preparação:

Photobucket

Camarões cozidos

Aquecer água numa panela com uma cebola (Vai dar uma cor mais acentuada aos camarões)



Photobucket

Quando a água estiver a ferver, coloque os camarões congelados e deixe ferver durante 2 a 3 minutos. Adicionar sal q.b.
Depois deste tempo, escorrer os camarões e colocar logo em seguida num recipiente com água e gelo. Se esquecerem-se de adicionar o sal no passo anterior, não há problema, podem adicionar o sal quando meterem os camarões na água gelada.

Photobucket

As duas mãos que aparecem nas fotos, são dos meus queridos ajudantes (A A. e o P.) ;)

Aproveito este post para colocar a foto da salada que fizemos para acompanhar o jantar. Foi baseada na receita da Luisa Alexandra, mas sem a maioria dos ingredientes.

Esta salada era composta por alface, queijo fresco cortado aos quadrados, maçãs também aos quadrados e nozes picadas. O tempero foi azeite e vinagre.

Esta salada apresenta uma boa combinação de sabores.

Photobucket

Espero que gostem.


Print this post

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS