RSS

"Eles não sabem nem sonham que o sonho comanda a vida e que sempre que o homem sonha o mundo pula e avança"

"This Blog Think Blue"

A minha amiga Isabel - O meu cantinho especial, atribuiu-me este prémio.







Para mim, é mais que um prémio pois é uma forma de estar na vida, pois temos que pensar no que deixamos para os nossos descendentes.

Aqui fica o texto que a Isabel tinha no seu blog:

"Pensar azul, surgiu de uma campanha de poupança de energia, e depressa ganhou terreno… Pensar azul é muito mais que apagar as luzes ou desligar computadores.
Pensar azul é uma maneira de estar e ver a vida, tentar defender o nosso maltratado planeta- Quem pensa azul recicla, poupa água, tenta ser sustentável…
Este site tem dicas para "pensar azul" e tem até alguns posters e etiquetas em pdf que podem ser impressos e colados onde quiserem…
O meu sonho era que o "pensar azul" saltasse barreiras ainda maiores, passasse para casa, de casa para os amigos, dos amigos para o mundo, o nosso mundo que queremos proteger!!!
Foi então que tive esta ideia… e porque não usar o meio mais engraçado que conheço e que consegue chegar mais longe que alguma vez imaginei?...
Porque não lançar um desafio e pintar o nosso planeta de azul?
Assim começo aqui e hoje este desafio "pensar azul" …
começa assim, este blog já foi tocado por este sentimento azul há algum tempo, este blog recicla e preocupa-se com o planeta, por isso sinto-me orgulhosa de usar este selo e de o passar a 3 blogs….
O meu desafio consiste em sensibilizar estes blogs a serem mais sustentáveis, a pensar mais azul…
sei que muitos já o são, mas não tinham ainda uma palavra para o definir, uma camisola para vestir, cada um destes blogs pode usar o selo e partilhá-lo com outros…
a ideia principal é tornar o planeta mais azul por isso há que levar esta mensagem bem longe…"




Este prémio eu não o passo só a 3 blogs, mas a todos que me visitam e que visito e a todas as pessoas que desejam fazer deste mundo, um local onde tenhamos respeito uns pelos outros e pelo ambiente.


Print this post

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Bolo de Claras

Muitas receitas que fazemos, utilizam mais gemas do que claras. O que é uma grande chatice, pois muitas vezes não se sabe o que fazer com elas e quase sempre vão para o lixo.

Era o que fazia antes de ter a bimby. Agora, quando tenho claras excedentes, congelo-as para uma futura utilização. A Luisa explica muito bem como bater claras em castelo, utilizando as claras congeladas e a Bimby.

Esta receita foi feita durante o 2º jantar da Bimby e serviu para aproveitar as claras da Tarte Pastel de Nata e encontra-se no Livro Base da Bimby na página 118.

Ingredientes:

  • 6 claras
  • 1 pitada de sal
  • 70g de margarina derretida (eu utilizei manteiga)
  • 120g de açúcar
  • 120g de farinha
  • 1 colher de chá de fermento em pó
  • Nozes para decorar (facultativo)

Preparação:

Antes de começar a preparar a massa do bolo, deve assegurar-se que o copo, a borboleta e as lâminas estão bem secas. Pré-aquecer o forno a 180ºC.

Colocar a borboleta nas lâminas e deitar as claras no copo. Programar 6 min. na vel. 3. Retirar e reservar. Sem lavar o copo e borboleta, adicionar a manteiga derretida e o açúcar. Programar 2 min. na vel. 1. No fim do tempo, verificar se este preparado tem a consistência de um creme. Programar a bimby para vel. 1 e ir adicionando a farinha (já com o fermento incorporado) e as claras em castelo de forma alternada.

Parar a máquina e envolver com a espátula. Deitar numa forma untada préviamente com manteiga e polvilhada com farinha. Por cima da massa polvilhar açúcar granulado e as nozes (se quiser, eu dispensei). Levar ao forno durante 20 minutos.

Se vir que o bolo começa a ficar demasiado dourado, colocar papel vegetal por cima da forma.

Desenformar ainda quente...

Eu não sei o que se passou com o meu bolo, mas partiu ao desenformar, mas também não houve problema porque desapareceu metade na altura do café. É de facto um bolo muito simples, mas muito bom. Aqui está o resultado final:



Photobucket


Print this post

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Gelado de Frutos Silvestres

Esta sobremesa era para ser feita no primeiro jantar da bimby, mas estavámos tão cheios, mas tão cheios que ficou para outra altura.

E que outra altura foi essa... o almoço do dia seguinte lá em casa!

Esta receita é muito boa, e como utiliza ingredientes congelados, pode ser consumido na hora!!!

O que é sempre uma vantagem para quem tem visitas inesperadas!

Ora a receita é da Gisa do Fórum Bimby e encontra-se aqui.

Ingredientes:

  • 450 g de frutos silvestres congelados (equivale a 1 pacote)
  • 100 g de açúcar1 lata de leite evaporado congelado (nas couvetes do gelo)
  • 1 pacote de natas
  • 2 claras em castelo

Preparação:

Bater as claras em castelo durante 2 min. na Temp. 37ºC e na vel. 3.

Reservar.

Limpar o copo e secar muito bem com o pano e em seguida deitar o açúcar e pulverizar na vel. 9.

Adicionar frutas e o leite evaporado e dar uns toques de turbo, até desfazer quase tudo.

Juntar as natas e as claras em castelo, e bater mais 2 min. na vel. 9.

Aqui fica o resultado final:

Photobucket

Dicas - Para não custar tanto à saúde e à carteira, deixo-vos aqui as dicas da Psychic e da Gasparzinha do Fórum Bimby para preparem o leite evaporado em casa! São de aproveitar e para elas um beijinho por terem divulgado esta dica tão útil.




Print this post

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Sumo de maçã e banana

Durante o Verão sabe bem beber sumos de fruta. Para além de refrescar, alimentam bem uma pessoa como podemos comprovar no primeiro jantar da bimby. :P

A bimby de facto é uma máquina muito versátil que nos permite aproveitar muitas das coisas que já não poderiamos aproveitar, como por exemplo, fruta a ficar muito madura.

Esta receita é da autoria da Ana Maria do fórum bimby e encontra-se aqui.

Ingredientes:

  • 1 banana
  • 1 maçã
  • 1/2 limao descascado (se não tiverem podem fazer sem)
  • 1 colher de sopa de açúcar
  • 5 ou 6 cubos de gelo
  • 400ml de àgua

Preparação:

Colocar todos os ingredientes na Bimby e programar 2 min. na vel. 8

Photobucket


Print this post

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Bacalhau com Natas

Existem dois pratos na cozinha tradicional portuguesa que eu adoro, um é o caldo verde. Adoro esta sopa e podia comer todos os dias que não me chateava.

O outro, não é bem um prato mas sim um ingrediente. E esse ingrediente é nada mais nada menos que o bacalhau! Adoro o bacalhau de todas as maneiras e feitios!

Quando foi feito o 2º jantar da bimby, o prato escolhido foi Bacalhau com Natas, mas feito com batata cozida (opção da maioria). Eu prefiro com batata palha, mas vivemos em democracia! :P

A receita é muito boa, só cometi o erro de duplicar a receita, o que deu origem a que as batatas tivessem ficado ligeiramente mal cozidas! Enfim, quando não se trabalha muito com a máquina é o que acontece :P

Mas se fizerem a receita tal e qual, não lhes acontece isso. Creio que se fizerem uma receita e meia também não...

Esta é a receita do livro base da Bimby:

Ingredientes:

  • 600g de bacalhau
  • 400g de batatas (para fritar ou para puré)
  • 1 cebola com um peso aproximado de 200g
  • 2 dentes de alho
  • 70g de azeite
  • 200g de água

Molho Béchamel:

  • 800g de leite
  • 200g de natas
  • 70g de farinha
  • 60g de manteiga ou margarina (eu usei manteiga)
  • Sal, pimenta e noz moscada q.b.

Preparação:

Colocar no copo os alhos e a cebola e picar durante 6 a 8 seg. na vel. 3 1/2.

Adicionar o azeite e programar 7 min. na Temp 100ºC na vel. 1 1/2 . Colocar a borboleta em cima das lâminas, adicionar a água e as batatas cortadas em quadradinhos (eu cortei aos palitos como se fossem para fritar - dica da borboleta29 do fórum bimby ) e programar 12 min. na Temp. Varoma vel. 1.

Quando terminar o tempo, adicionar o bacalhau desfiado e programar 2 min novamente na Temp. Varoma e vel. 1. Retirar e reservar no pirex.

Preparar o molho bechamel.

Deitar todos os ingredientes, excepto as natas, e programe 8 min na Temp. 85ºC na vel. 4. Adicionar as natas e programar mais 2 min na mesma Temp. e vel. Deitar no pirex onde se reservou o bacalhau e envolver tudo muito bem.

Para decorar pode usar um pão ralado feito na bimby com restos de pão, 1 alho e coentros. Decore igualmente com azeitonas pretas. (Opcional)

Levar ao forno a 180ºC por 10/12 min. e depois gratine até ficar dourado.

Aqui fica o resultado:

Photobucket

Photobucket


Print this post

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Bolos de Canela

Uns bolinhos que gosto muito, são os bolos de canela que compramos nas pastelarias ou padarias.

Eu adoro canela, acho o cheiro e sabor extremamente agradáveis.

Quando vi que existia uma receita adaptada à bimby, não resisti e fiz para o aniversário da minha sobrinha.

A receita foi colocada pela Calimero no forúm bimby e encontra-se aqui.

Ingredientes:

  • 125g de manteiga
  • 1 ovo
  • 100g de açúcar
  • 300gr de farinha
  • canela em pó q.b.

Preparação:

Ligar o forno à Temp. de 180ºC.

Colocar todos os ingredientes com excepção da canela no copo da bimby pela ordem indicada e programar 30 seg. na Vel. 6.

Formar bolinhas e passar ligeiramente pela canela. Colocarnum tabuleiro e meter no forno durante 10 a 15 minutos.

A foto que tenho não é muito boa, pois os bolinhos já estavam na mesa.

Photobucket

Já fiz esta receita duas vezes e ficam bolinhos tão bons ou melhores que os de compra.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Pudim de chá verde

Este pudim foi feito para o jantar de estreia da Bimby e é uma óptima receita.

Retirei-a do forum bimby e foi colocada pela carocas e encontra-se aqui.

Ingredientes:

  • 1 lata de leite Condensado
  • 1 lata de chá forte (escolher o sabor) - eu utilizei chá verde, mas pode ser preto, menta, ou outro sabor que seja intenso
  • 4 ovos inteiros
Preparação:

Colocar no copo os ovos e o leite condensado e programar 30 seg. na vel. 4. Adicionar o chá e programar mais 30 seg. à mesma vel. Verter o preparado para uma forma caramelizada. Como já mostrei na receita anterior, eu faço o caramelo na forma.

Photobucket

Photobucket

Se a forma couber na varoma, então cozer o pudim durante 40 min. na Temp. Varoma e vel. 2. Atenção que o copo deve ter água suficiente para fazer vapor durante este período de tempo.

Quem não tem um recipiente que caiba na varoma, como foi o meu caso, meter no forno durante uma hora. Não me lembro da temperatura! :P

O resultado foi este:

Photobucket

Posso dizer-vos que este pudim é muito agradável e recomendo-o a qualquer pessoa.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Pudim de Laranja

Para sobremesa, decidi fazer este pudim que a ana.c.nuno colocou no Fórum Bimby. A receita é da TeleCulinária n.º 1499 e adaptada para a Bimby pela ana.c.nuno.

A receita adaptada encontra-se aqui.

Posso-vos dizer que esta receita não está correcta, isto é, os ingredientes são os que a revista indica só que o resultado que eu e a ana.c.nuno tivemos não foi o melhor. Muito provavelmente deve-se ao excesso de líquido que a receita pede.

Hei-de fazer novamente esta receita, mas reduzir nas quantidades de líquido.

Fica aqui a receita original.

Ingredientes:

  • 300gr de açúcar
  • 2 laranjas
  • 10 ovos
  • 100 ml de vinho do Porto
  • 1 colher de sobremesa de farinha maisena
  • 150 g de açúcar para caramelizar a forma (para quem preferir) ou aramelo de compra para barrar a forma


Eu costumo fazer o caramelo na forma, mas não utilizei a quantidade de açúcar indicada nos ingredientes. Eu coloco 6 cubos de açúcar na forma e uma colher de água e levo ao lume até ficar em caramelo.

Photobucket

Remover o vidrado da casca das laranja, colocar no copo e picar durante 30 seg na vel. 5 e aumentar até 9 progressivamente.

Photobucket

Juntar o açúcar, os ovos, a farinha maisena e misturar durante 30 seg na vel. 4.

Photobucket

Espremer as laranjas até prefazer 200 ml de sumo (se o sumo das 2 laranjas não chegar juntar mais 1, tem é que ser 200ml). Adicionar o sumo e o vinho do porto ao preparado anterior e misturar 15 seg vel. 4 e colocar na forma caramelizada.

Photobucket

A ana.c.nuno cozeu o pudim na varoma durante 50 minutos.

A minha forma não cabia na varoma por isso meti-a no forno a cozer em banho-maria a 100ºc... E não deu resultado.. nunca mais cozia

Aumentei a temperatura para 250ºC e esteve a cozer durante 1h (tempo total)

E o resultado final foi este:

Photobucket

Photobucket

Como podem ver, ficou muito líquido na forma. Outra razão por esta receita não ter sido do agrado de todos cá em casa foi por estar muito doce!

Nós gostamos de doces não muito doces, e este é bastante doce. Quando experimento uma receita nova, utilizo as quantidades indicadas e só mais tarde adapto ao meu gosto.

Aqui é reduzir a quantidade de sumo e de vinho do porto, e para mim, menos açúcar.

Fica a promessa de fazer novamente este pudim e ver se as minhas alterações dão resultado.


Print this post

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Bacalhau delicioso

Esta foi das primeiras receitas para refeições principais que fiz...

E deixem-me que vos diga, o nome dado à receita está mais que apropriado.

Esta receita é da autoria da staparício do Fórum Bimby e podem encontrar a receita original aqui e aqui.

Ingredientes:

  • 350 g de bacalhau desfiado
  • 150 g de miolo de camarão (eu utilizei um pacote de 250g de camarão pequeno e mais 250g de gamba)
  • 2 cebolas
  • 2 cenouras
  • 1 lata de cogumelos pequena
  • 35 g de azeite
  • salsa q.b.
  • 2 pacotes de batata palha (peço desculpa pela publicidade, mas eu usei os da titi, os médios)

Molho Bechamel

  • 350 g de leite
  • 30 g de manteiga
  • 35 g de farinha
  • noz moscada
  • sal

Decoração

  • Queijo mozarela ralado q.b.
  • Pão ralado q.b.

Preparação:

Deitar no copo as cebolas, as cenouras, o azeite, os cogumelos e a salsa e programar 30 seg. na vel. 6. Depois, programar mais 10 min. a 100º na vel. 2.
Juntar ao refogado o bacalhau desfiado e os camarões previamente escaldados e programar 2 min. a 100º na vel colher inversa.
Untar um pirex com manteiga e colocar uma camada de batata palha. Deitar metade do preparado em cima, colocar outra camada de batata palha e finalizar com o resto do preparado.

Uma das melhores coisas que a bimby faz é o molho béchamel. Nunca mais hei-de comprar os pacotes com este molho. Nunca o fiz no tacho e dúvido que o conseguisse fazer sem ficar grumos! ;)

Para o molho bechamel, meter no no copo todos os ingredientes indicados e programar 8 min. à Temp. 90ºC na vel. 4.

Como o meu pai não gosta de qualquer coisa que seja branco (ele não gosta de leite, por isso é que tem aversão a tudo que é branco, incluíndo maionese! :P), adicionei 1 colher de sopa de polpa de tomate que lhe conferiu um tom mais rosado.

Para finalizar, cobrir o preparado anterior com o molho béchamel e polvilhar com o queijo e pão ralado.

Colocar no forno durante 20 min. a uma Temp. de 200ºC.

Aqui ficam as provas do crime:

Antes de ir ao forno:

Photobucket

Já na mesa:

Photobucket

E no meu prato:

Photobucket

É mesmo um bacalhau delicioso!


Print this post

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Queijadinhas de côco e leite condensado

Uma pessoa que me inspira bastante, é a minha amiga Luísa Alexandra. Ela é uma verdadeira fada do lar.

Faz receitas maravilhosas e que enchem o olho a todos que a visitam.

Dá ideias para fazer prendas, utilizando os nossos recursos, e tem sempre uma palavra amiga para connosco e está sempre pronta a ajudar.

Esta receita que vou colocar foi ela que fez e podem encontra-as aqui e aqui!

Só um aviso para quem não conhece (dúvido que no mundo dos blogs culinários não conheçam :P) o blog da luisa alexandra... É um blog que nos "obriga" a voltar todos os dias para ver quais as maravilhas que a luisa fez!

Ingredientes:

  • Casca de limão
  • 4 ovos
  • 1 lata de Leite Condensado
  • 200 ml de Leite
  • 200 g de Côco Ralado
  • 1 colher de chá de Fermento em pó

Preparação:

Colocar a casca do limão no copo da bem limpo e seco e pulverizar 20 seg. na vel. 7-9-10.

Adicionar os ovos, o leite condensado e o leite e programar 1 min. na vel. 4.

Juntar o côco e o fermento e programar 20 seg. na vel. 4.

Colocar a massa em forminhas de papel, dentro de forminhas de alumínio (para terem suporte).

Levar ao forno a 190º C por 30 minutos, ou até ficarem lourinhas.
Aqui estão as queijadas nas formas antes de irem ao forno:

Photobucket

Aqui estão as queijadas já cozidas:

Photobucket


Print this post

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Leite creme

Uma das receitas que muitos nós não fazemos no tacho é o leite creme, pois ou porque não conseguimos a consistência que desejamos ou porque talha!

Com a bimby já não temos esse problema!

Ainda só fiz uma vez, mas é muito bom.

Eu utilizei a receita do livro base para aproveitar duas gemas que me tinham sobrado. Como tal, dividi todos os ingredientes da receita por três, mas mantive os tempos na programação da máquina.

Deixo a receita original e o resultado final.

Só quero dizer que mal acabei de meter canela no leite creme, a minha mãe agarrou-se logo a uma taça! :D

Ingredientes:

  • 1 L de leite
  • 6 gemas
  • 60g de farinha ou 30g de maizena (eu utilizei maizena, prefiro para este tipo de doces, dá-lhe uma melhor consistência na minha opinião)
  • Casca de um limão (só o vidrado da casca, que é a parte amarela apenas. Para conseguirem tirar só o vidrado, utilizem o cascador de cenouras, ajuda a tirar só o vidrado)

Preparação:

Colocar todos os ingredientes no copo da bimby e programar 12 min. na Temp. 90ºC à vel. 2 1/2.

Retirar a casca do limão e deitar numa taça a arrefecer. Antes de servir, polvilhar com canela ou polvilhar com açúcar e queimar com um ferro quente ou então com um maçarico de cozinha.

Aqui fica o resultado deste doce:



Photobucket

Print this post

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Prémio

Bem...

A minha querida amiga Isabel, atribuíu-me um prémio.



É um prazer receber este prémio, especialmente de quem vem! ;)

Com isto, tenho de passar este prémio a 5 blogues que visito regularmente e que gosto muito.

Muitos dos blogs que visito já receberam este prémio por isso vou dar a estes blogs, sem deterimento de qualquer outro que visito:

Aventura das Missangas
Lost in Lisbon
Palvras Contadas
The Star is Me
Ovo Mexido

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Bailey's Original - 2ª Tentativa

Bem...

Vamos ver se desta vez o blogger gosta da receita e da foto...

O texto é o mesmo que estava antes... Só depois de ver se o texto não tem influência é que meto a foto... Cá vai:

Na passada sexta-feira recebi um sms muito caricato que vou citar aqui! :P

"Para com as receitas! Eu quero emagrecer, caraças!"

O que eu me ri com este sms. Por estares a queixar-te das receitas que meto, espero que esta seja mais do teu agrado!Esta é muito boa e aconselho vivamente a quem gosta de Bailey's.
Isto é algo que nunca mais hei-de comprar!!!
A receita foi colocada pelo rmpom no Fórum Bimby e encontra-se aqui.

Ingredientes:

  • 3 Ovos
  • 1 Lata de Leite Condensado
  • 1 pacote grande de natas (300ml)
  • 3 colheres de cha de café instântaneo
  • 1 chávena de Whiskey ou mais conforme o gosto (220 ml)

Preparação:

Deitar os ovos na Bimby e um pouco de whiskey e programar 2 min vel. 3 - 4. Adicionar o Leite Condensado com mais um pouco de Whiskey e programar mais 2 Min na vel. 3. Programar mais 4 min na vel. 4 e introduzir as natas, e ir deitando mais um pouco de whiskey. Em seguida, com a bimby a trabalhar deitar o café solúvel e por fim deitar o resto do whiskey. Pode ser utilizado cafe em grão mas antes de o utilizar, este terá de ser pulverizado na bimby. Depois é só meter numa garrafa e servir.

Aqui fica a prova do crime!

Actualização (10h25) - Com o texto não houve problema!

Vou agora introduzir a foto e fazer figas!



Photobucket

Actualização (10h30) - Não deu problemas!!!!

A diferença que faz ter uma foto com 495 x 402, em vez de 502 x 443! :P


Print this post

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Template do Blog - 2

Bem...

O blog já voltou ao normal e não tinha nada a ver com o template como a minha amiga Star me explicou.

Estive a ver qual seria a razão para esta alteração e cheguei à conclusão que tinha sido o último post a ser escrito que criou esta confusão toda!

E esse post não era nada mais, nada menos que o post com a receita do Bayley's Original!

Acho que o blogger ficou ligeiramente "tocado" com a receita e ficou a ver tudo torto. :D

Vou tentar a meter a receita e vamos ver se desta vez fica tudo bem.


Print this post

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Template do Blog

Bem...

Sinceramente não sei o que se passa com o template do blog...

Hoje de manhã estava tudo direitinho, mas não sei o que se passou pois entretanto, tudo o que tinha na barra esquerda do blog, passou para o fim dos posts!!!

Já tentei modificar o template, trocar por outro, mas em todos os templates dá erro... O que quer dizer que isto é um erro provocado pelo fornecedor do meu template...

O mais estranho é que se clicarmos num unico post... O blog tem o aspecto que tinha antes!!!

Espero que isto seja corrigido o mais rapidamente possível!

Print this post

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Pãezinhos de Linguiça

Outro item que o pessoal ficou fã, foi os pãezinhos de linguiça. Segundo as palavras dos meus amigos são:

"Irresístiveis" e "Como é que é possível que a massa seja feita com batata?!?!?!?"

Outra coisa que eles dizem, "Podes trazer os pãezinhos de linguiça para o jantar?"

Todas as receitas que tenho colocado aqui no blog são possíveis de fazer sem a bimby e esta então é super-fácil. Como já expliquei, tenho a bimby na casa nova e no último jantar de amigos, estes pãezinhos foram presença obrigatória. Como não tinha a bimby comigo, dei-lhe a volta! ;)

Esta receita foi colocada pela Guigas no Fórum Bimby.

Fica aqui as duas maneiras de fazer estes pãezinhos:

Ingredientes:

  • 500g de batata cozida
  • 500g de Farinha
  • 250g de manteiga ou margarina
  • Linguiças q.b. sem pele

Preparação:

Se não tiver sobras de batatas cozidas, então colocar as batatas no copo da bimby, adicionar 800g de água e programar 20 min., Temp. 100º e vel. 1. Enquanto cozem as batatas retirar a pele às linguiças. Para fazer render as linguiças, segui o conselho da guigas, que é cortar a linguiça em 4, sempre no sentido longitudinal.

Quando as batatas estiverem cozidas, escorrer a água e triturar a batata até esta virar puré. Triturar à vel. 5-7-9. Adicionar a manteiga ou margarina e triturar na mesma vel. até que fique tudo homogéneo. Por fim, ir adicionando a farinha aos poucos.

Photobucket

Atenção: Para estas quantidades, a bimby não consegue misturar o preparado. Após juntar farinha suficiente para que a massa possa ser trabalhada, coloquei-a numa tigela e aí adicionei o resto da farinha.

Photobucket

Photobucket

Poderá ser possível acrescentar mais farinha até que a massa não fique colada na bancada. Fica uma massa elástica e mole. Quando for possível estender, pega-se em pedaços da massa, esticando-se na bancada até ficar com +/- 1/2 cm de espessura cortando de seguida a massa, com uma faca em rectangulos de +/- 5/6 cm.

Dentro de cada rectângulo coloca-se um pedaço de linguiça na diagonal, virando de seguida as outras 2 pontas por cima da linguiça.

Levam-se ao forno até alourar e servem-se.

Para quem não tem bimby, a única diferença está na forma de fazer o puré. Quando fiz estes pães sem a bimby, utilizei a batedeira para desfazer as batatas. Também podem utilizar a varinha mágica. Quando adicionei a manteiga, continuem a bater com a batedeira até obter uma pasta uniforme. Depois é só adicionar a farinha.

Aqui ficam os resultados desta receita:

Photobucket

Photobucket

Photobucket




Print this post

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Pão de Queijo

Desde que começamos a ter restaurantes brasileiros em Portugal com o rodízio, fiquei "viciada" em Pão de Queijo.

O que é estranho pois eu detesto queijo!

Para mim, queijo só derretido. E aí adoro! :P

Quando vi polvilho à venda no supermercado, aproveitei para fazer em casa o Pão de Queijo que é tão guloso. Infelizmente nunca consegui que ficassem tão secos como os dos restaurantes.

Na minha pesquisa para o 1º Jantar da Bimby, encontrei no Fórum Bimby, uma receita de Pão de Queijo que a Guigas colocou.

Fica aqui a experiência:

Ingredientes:

  • 250g de polvilho azedo
  • 200g de leite
  • 100g de óleo
  • 2 ovos
  • 200g queijo ralado
  • sal a gosto

Preparação:

Colocar no copo o leite, o óleo e o sal e programar 6 min., Temp. 90° na vel. 1. Misturar o polvilho de uma só vez e programar 20 seg. na vel. 6. Deixar arrefecer tirando o copo da máquina (cerca de 2 minutos). Juntar os ovos e o queijo, bater 1 min. na vel. 6. Formar bolinhas com as mãos com farinha. Levar ao forno a 180º até ficarem douradinhos.

Como a minha massa estava muito liquida, não consegui moldar bolinhas, utilizei colheres para colocar no tabuleiro.

Photobucket

Esta receita é semelhante à que se encontra no livro, mas pelo que vi no blog da luisa alexandra, acho que a receita do livro base fica melhor.

Os pãezinhos estavam bons e muito gulosos, só não ficaram com o aspecto de bolinhas.

Depois relato a experiência com a receita em questão.


Print this post

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Paté de salmão

Os meus amigos adoram salmão, e muitas vezes nos nossos jantares em casa uns dos outros, temos sempre salmão fumado para comer.

Quando vi pela primeira vez este paté no Fórum Bimby, sabia que era o eleito para o 1º Jantar Bimby.

Esta receita é encontra-se aqui e também está no livro base que vêm com a Bimby, mais precisamente na página 30.

Ingredientes:

  • 200 g queijo Philadelfia
  • 200 g salmão fumado
  • 20 g sumo de limão
  • Alcaparras para enfeitar

Preparação:

Colocar o queijo no copo e programar 1 min., Temp. 50º, vel. 2.

Adicionar o salmão e o sumo de limão e triturar durante 30 seg., vel. 4.

Enfeitar com as alcaparras.

Eu infelizmente na altura esqueci-me de meter as alcaparras no paté, mas fica aqui a imagem do resultado final.



Photobucket

O paté assim que foi provado, desapareceu num instante, mesmo quando nós já estavamos cheios. :P

Quem gosta de salmão é uma boa receita para experimentar.


Print this post

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Tarte Pastel de Nata - Light

Eu adoro Pastéis de Nata, Pastéis de Belém... Enfim... coisas boas!

E era eu uma adolescente quando fiz uma tarte que tinha o recheio do pastel de nata mas que não levava natas, ou seja, é um recheio mais light.

Infelizmente, perdi essa receita mas durante a minha pesquisa inicial do fórum bimby, encontrei uma semelhante e para a bimby. :D

A autora desta receita é a Nicas, membro do bimby4all e do forum bimby. Podem encontrar as receitas originais nestes dois links.

Ingredientes:

  • Massa folhada fresca

Recheio:

  • 400g Açúcar
  • 250g água
  • 500g leite
  • 70g Farinha
  • 6 Gemas
  • 1 Pau de canela
  • Casca de 1 limão

Preparação:

Adicionar todos os ingredientes do recheio ao copo da bimby e programar 40 seg. na vel. 4.

Depois introduzir a borboleta e adicionar o pau de canela e a casca de limão. Programar 18 min., Temp. 90º e vel. 1 e 1/2


Pré-aquecer o forno a 200º. Colocar a massa na forma e picar. No fim do tempo colocar o recheio e vai ao forno. Colocar a tarte na parte mais baixa do forno.

Photobucket

Não tenho o tempo que fica, eu vejo a olho.

E o resultado final foi este:

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Esta receita já fiz 3 vezes e cada vez que faço um jantar bimby com os amigos, é presença obrigatória.




Print this post

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Bombocas de morango

Esta receita chamou-me à atenção, pelo que foi uma das que fiz para o aniversário da minha sobrinha mais nova, no ano passado.

Esta receita foi adaptada à bimby pela luar e encontra-se aqui.

Ingredientes:

Recheio

  • 8 claras
  • 1 saqueta de gelatina de morango
  • 200g de açúcar

Cobertura
  • 300g de chocolate
  • 1 colher de sopa de óleo

Preparação

Colocar a borboleta e deitar as claras, a gelatina e o açúcar no copo e programar Temp. 50º, vel. 2 e 6 minutos.
Em seguida, retirar a Tempertura e programar 8 minutos, vel. 3/4. (Eu precisei de muito mais tempo para conseguir que ficassem em merengue, se não ficar logo com a consistência de merengue ir programando de 2 em 2 minutos até atingir a consistência desejada).
Deitar num saco de pasteleiro (ou usar uma colher) dispor pequenos montinhos, num tabuleiro e levar ao congelador durante umas horas. (Como a consistência do meu recheio não era a melhor, optei por meter numas formas de papel.)
Quando o recheio ficou sólido, coloquei-o em cima de bolachas belga, para simular a bolacha da bomboca.

Photobucket

Para a cobertura, derreter o chocolate em banho-maria com o oleo e deitar por cima das bombocas. Levar ao frio até o chocolate solidificar.

Photobucket

Photobucket


Print this post

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Receitas culinárias

Eu já tinha dito que ia começar a meter receitas no blog a partir do momento que mudasse de casa, só que as coisas estão atrasadas, e talvez só para o fim do ano é que me mude...

Enfim, já não digo nada a quanto a possíveis datas! :P

Mas porque também quero contribuir para a blogosfera culinária, vou colocar as receitas de tudo o que já experimentei fazer na bimby e respectivas fotos. Convém salientar, que as receitas não são de minha autoria e segui receitas já testadas por bimbólicas mais experientes!

Estas fontes serão sempre mencionadas, pois sem elas não conseguiria ter feito o que fiz!

Espero que gostem do que vos mostro e sintam-se à vontade para fazer críticas...


Print this post

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Amizades cibernéticas

Este mundo cibernáutico permite-nos conhecer diversas pessoas com gostos semelhantes e com diversas opiniões.

Já conheci muitas pessoas novas graças aos blogs e aos fóruns que participo.

Estabelecem-se elos de amizade com pessoas que não conhecemos pessoalmente mas que nos marcam.

Tive o privilégio de conhecer algumas pessoas fisicamente e é engraçado estarmos frente a frente com alguém com quem costumamos falar via teclado.
Neste mundo, a grande maioria vem por bem, outros tentam usurpar o trabalho de outros como já foi indicado em vários blogs que visito.

Neste post, quero falar de uma mulher que conheci apenas virtualmente mas que transpareceu ser uma mulher de armas, cheia de força de viver e de uma vontade de ajudar os outros com a sua experiência. Conheci-a através do fórum bimby e das suas maravilhosas receitas que fazia, com as explicações a qualquer dúvida que alguém tivesse e com uma queda para fazer pão que era uma maravilha.

Essa mulher tinha o nick de irebelo, e infelizmente já não se encontra connosco. Como já disse, não a conheci pessoalmente, nem era das que falava mais com ela, mas gostava de ler as coisas que ela fazia e de ter em conta todas as dicas que deu.

Só hoje soube que tinha falecido e foi um grande choque para mim, o que veio demonstrar-me que os laços de afecto estabelecem-se para além do conhecimento físico.

À sua família desejo-lhes tudo de bom e que se apoiem numa altura tão díficil. O que gostaria de salientar, é que a esposa, mãe que conheciam era amada por tantos neste mundo cibernético.


Print this post

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Which Austen Heroine are You?

Durante a minha viagem de rotina pela blogesfera, encontrei aqui, um desafio muito interessante.

Saber que heroína da Jane Austen seria eu....

E o resultado foi, nada mais, nada menos que:

I am Elinor Dashwood!


Take the Quiz here!

E eu com esperanças de ser Elizabeth Bennett, com um Mr. Darcy à mistura!! :P

Mas também estou bem acompanhada com o meu Edward Ferrars..

Como tal, lanço aqui o desafio de fazerem este pequeno teste e saberem que heroína são vocês...




Print this post

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Boa acção

Uma pessoa nunca deixa de se surpreender.

Ontem foi o funeral do meu tio, e eu não sabia onde ficava a igreja, já que era em Chelas.

A minha mãe, na manhã de ontem disse-me que era a Igreja St. Clara. Pedi um táxi para me levar à igreja. Mas o senhor não sabia qual igreja é que era da St. Clara. Fomos então primeiro à igreja que ficava acima do Feira Nova e olho em volta para ver se conhecia algum dos carros e se via algum familiar.

A igreja estava vazia, nem se via gente à volta dela. Então disse ao taxista que esta não era, e ele disse, então só pode ser a outra que fica na zona j.

Lá fomos nós para a zona j e o sr. deixa-me na igreja. Pago o táxi e vou à procura das capelas mortuárias...

Nada, a igreja estava fechada!

Dirijo-me a um café e pergunto qual era o nome da igreja e de facto não era a igreja que eu queria. Perguntei como podia ir para a igreja de St. Clara e indicaram-me o número do autocarro que tinha de apanhar, qual a paragem mas que tinha de andar um pouco.

Lá apanhei o autocarro, saí na paragem indicada e fui até à primeira igreja que o taxista me tinha deixado. Vi o nome da igreja e também não era a igreja de St. Clara.

Já estava a ficar mesmo fula com esta história toda. O taxista só conhecia aquelas 2 igrejas em chelas e nenhuma delas era a de St. Clara. A missa de corpo presente ia começar dentro de 20 minutos e eu não fazia ideia onde era a igreja.

Vejo um casal e dirijo-me a eles, perguntando onde ficava a igreja. Indicaram-me e fiquei parva!

Era uma distância muito grande para ser feita a pé em tão pouco tempo. Perguntei qual o autocarro a apanhar e disseram-me que tinha de apanhar um que não passava pela zona onde me encontrava.

Então, o casal foi muito simpático e ofereceu-se para me levar de carro até à igreja, pois iam sair de carro.

Se não fosse por eles não tinha conseguido chegar lá a tempo da missa e acho que nem conseguia chegar a tempo de ir para o cemitério.

Fiquei agradavelmente surpreendida por um casal terem acolhido no seu carro uma estranha, especialmente, estando onde eu estava.

Não conseguia deixar de agradecer ao casal, e sem eles, talvez ainda por lá andasse...

Agora, talvez fosse ideia ou os taxistas começarem a ter exames como os taxistas ingleses têm, ou então passarem a ter GPS no carro, porque gastei dinheiro e não cheguei ao destino que queria!


Print this post

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS